As lições para o século XXI de Yuval Noah Harari

Por Márcio M. Cunha

O livro de um dos maiores historiadores da atualidade, Yuval N. Harari, PhD pela Universidade de Oxford, traz algumas lições e reflexões que merecem ser levadas à tona pela sociedade. Claro que somente uma leitura aprofundada do livro “21 lições para o século 21” faria com que pudéssemos refletir de forma desejada. Entretanto, tentaremos trazer ao presente texto passagens interessantes acerca de algumas lições.

Inicialmente, Harari destaca o avanço tecnológico dentro da sociedade, com um enfoque maior dentro dos dados capturados pela Big Data, e as Inteligências Artificiais (IAs), que vem sendo desenvolvidas a cada dia e mais aprimoradas desde então. Dispositivos como Cortana (Positivo), Alexa (Amazon) dentre tantos outros, cada um gerido dentro de sua própria plataforma, já começam a tomar espaço na vida das pessoas cada dia mais.

Harari também alerta para os riscos que as IAs podem trazer, porém segundo o autor, não se trata dos riscos que vemos em filmes, onde as IAs se voltam contra os humanos e buscam sua aniquilação. O risco do qual o historiador se refere é justamente o oposto, as IAs devem e irão fazer tudo aquilo que seus criadores a programarem para fazer, sem pestanejar ou sem se voltar contra suas decisões.

A partir dessa teorização, Harari traz assim uma reflexão: e se os programadores mandassem as IAs matarem? Pois bem, seria possível que elas cumprissem o objetivo de sua programação e matariam, uma vez que as IAs são apenas códigos de computador, não são capazes de pensar e, diferentemente dos homens, onde a maioria reagiria com negação a uma ordem de assassinato, a máquina faria isso assim que possível. Dessa forma, as IAs representariam risco. Mas não por si só, mas sim por meio de uma ação humana.

Harari destaca também os algoritmos e os dados retidos no Big Data. Em sua obra, retrata que os dados que entregamos com tanta facilidade quando nos registramos em sites de redes sociais ou afins, de forma gratuita, acabam sendo usados para “espionar” nossas preferências por produtos, onde o algoritmo de Big Data, por sua vez, começa a bombardear nossa janela na internet com anúncios referente àquilo que pretendíamos.

Dessa forma, mesmo que involuntariamente, entregamos nossos dados de boa vontade, e os anunciantes ficam mais próximos de vender-nos os produtos. Afinal, quando pesquisamos um celular no Google, por exemplo, vamos sempre nos primeiros links disponíveis ou nos links alocados na página 100?

Por fim, nota-se que as Inteligências Artificiais e os algoritmos de Big Data evoluem consideravelmente de mãos dadas à tecnologia, representando o futuro, sendo o Big Data responsável pelo comércio e as IAs pelo assistencialismo aos humanos. A conjunção dessa evolução resultará em um grande benefício para a humanidade, ou não, dependendo de quem estiver por trás deste desenvolvimento.

NOTA DO EDITOR DO SITE:

Ao publicarmos aqui as primeiras duas lições do livro de Yuval Noah Harari, nossa intenção era apenas despertar a curiosidade dos leitores para a leitura do livro.

Seria contraproducente publicar um livro de quase 400 páginas aqui neste portal.

Mas não vamos deixar nossos seis leitores na mão. Abaixo, publicamos uma entrevista do autor para a editora Companhia das Letras, que publica seus livros no Brasil.

A entrevista está legendada. Se não aparecerem logo que o vídeo for aberto, basta clicar na aba “legendas” na parte inferior do vídeo.

Também estamos publicando a edição do livro em PDF. Não recomendo a leitura via smartphone. O ideal é baixar o livro em um PC e ler em tela grande.

Segue abaixo a lista de tópicos abordados no livro.

Introdução

PARTE I: O DESAFIO TECNOLÓGICO

1. Desilusão
O fim da história foi adiado
2. Trabalho
Quando você crescer, talvez não tenha um emprego
3. Liberdade
Big Data está vigiando você
4. Igualdade
Os donos dos dados são os donos do futuro

PARTE II: O DESAFIO POLÍTICO

5. Comunidade
Os humanos têm corpos
6. Civilização
Só existe uma civilização no mundo
7. Nacionalismo
Problemas globais exigem respostas globais
8. Religião
Deus agora serve à nação
9. Imigração
Algumas culturas talvez sejam melhores que outras

PARTE III: DESESPERO E ESPERANÇA

10. Terrorismo
Não entre em pânico
11. Guerra
Nunca subestime a estupidez humana
12. Humildade
Você não é o centro do mundo
13. Deus
Não tomarás o nome de Deus em vão
14. Secularismo
Tenha consciência de sua sombra

PARTE IV: VERDADE

15. Ignorância
Você sabe menos do que pensa que sabe
16. Justiça
Nosso senso de justiça pode estar desatualizado
17. Pós-verdade
Algumas fake news duram para sempre
18. Ficção científica
O futuro não é o que você vê nos filmes

PARTE V: RESILIÊNCIA

19. Educação
A mudança é a única constante
20. Sentido
A vida não é uma história
21. Meditação
Apenas observe

Agradecimentos

Notas

21-Lições-Para-o-Século-21-by-Yuval-Noah-Harari

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here