BICA divulga a primeira marchinha do Carnaval 2019

Como é de seu feitio, os biqueiros mais uma vez começaram o ano em meio a uma tempestade em copo d’água. A ala cor-de-rosa queria malhar o Capitão. A ala verde-oliva queria malhar o Molusco. A ala azul-arara queria malhar o desmatamento na careca do Ozônio. A ala black & white queria malhar o pé de goiabeira da ministra boquirrota.

Prevaleceu o bom senso e a bola da vez será mesmo o maior fenômeno eleitoral dos últimos 40 anos. Os pais-de-santo da banda já estão providenciando novas marchinhas para entrar na disputa a partir da próxima quinta-feira, dia 17. A primeira a ser divulgada é essa aí. Curtam:

Jacaré-tinga do Grão-Pará: de mãos dadas ninguém é leso pra roubar!

Letra: Rogélio Casado, Deocleciano Souza e Orlando Farias

Música: Celito Chaves

Médium: João de Deus

Música incidental: “Caminhando, cantando e seguindo a canção, somos todos iguais, paraenses ou não…”

 

O jacaré-tinga veio lá do Grão-Pará

Caiu de paraquedas no seringal do Negão

Meteu bronca num monte de xis-caboquinho

E foi pro trono na sua primeira eleição

 

O Porto de Lenha voltou a ser província

Cunhã poranga vai dançar carimbó

Jaraqui frito perdeu a vez pra maniçoba

Tem aviú no tucupi do meu bodó

 

Chegou ao fim a dinastia tucuxi

A zorra franca já tem até um general

Na profecia tupinambá de que um dia

Isso aqui seria um imenso Parazal

 

A Lurdes disse e o Armando confirmou:

Uma coisa ninguém pode negar,

De mãos dadas ninguém é leso pra roubar!

O sonho do jacaré-tinga é virar jacaré açu e ter uma goela grande igualzinha à do Dudu… do Dudu (bis)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here