Marius Bell exibe trabalho inspirado em Vermeer

Neste domingo, 2 de junho, na Banca de Livros do poeta de Celestino Neto, na Feira da Eduardo Ribeiro, o artista plástico Marius Bell exibirá seu festejado trabalho “Estudo para a Moça com Brinco de Pérola”, que conquistou Menção Honrosa no Salão de Artes do Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, no ano passado.

A obra estará à venda, mas seu valor ainda não foi revelado.

Ela foi inspirada no famoso quadro “Meisje Met de Parel” (“Moça com Brinco de Pérola”) pintado pelo artista holandês Johannes Vermeer no ano de 1665.

A modelo delicada, com seu olhar direto e os lábios entreabertos, é a obra mais famosa do pintor holandês Johannes Vermeer, sendo considerada como a “Mona Lisa” da arte barroca.

Ao longo dos tempos, a obra tem sido revisitada por diversos artistas plásticos, produtores de moda, fotógrafos e designers gráficos do mundo inteiro, incluindo o polêmico grafiteiro britânico Banksy.

Entre as “versões” pop mais conhecidas estão a da boneca Barbie, a do baterista Ringo Starr e a de Marge Simpson, a esposa de Homer Simpson e mãe de Bart, Lisa e Maggie Simpson.

Pouco sabemos sobre a história dessa pintura. Ela surgiu somente em 1881, mais de duzentos anos depois que foi pintada, em um leilão de arte em Haia, na Holanda.

Tudo indica que Vermeer tenha se inspirado em pintura de Michael Sweerts, intitulada “Menino em um Turbante”, que foi pintada dez anos antes de sua pintura, pois o turbante que usa essa modelo, não era mais usada na época em que pintou a sua “Moça com Brinco de Pérola”.

Vermeer pintou a parte azul do turbante da moça com ultramarino natural, pigmento mais valioso do que o ouro, à época, feito de lápis-lazúli esmagado, que os contemporâneos do pintor dificilmente usavam, em razão de seu preço exorbitante.

Mesmo na época em que sua situação econômica era extremamente precária, ele continuou fazendo uso de tal pigmento em suas pinturas, resultando num azul maravilhoso.

Para destacar o brinco da moça, Vermeer pincelou com uma mancha branca de empasto de forma oval, sendo para a mesma tonalidade para iluminar o rosto e o seu raro turbante.

 

A forma oval utilizada, foi um recurso que o pintor encontrou para dar a sensação de peso e volume no brinco de pérola, que tudo indica ser branca.

Acredita-se que a cor original do fundo dessa obra, poderia ter sido um verde escuro forte e profundo ao invés de preto como mostra atualmente. Essa mudança foi para destacar a beleza da jovem e dar também uma sensação de tridimensionalidade na pintura.

MOÇA COM BRINCO DE PÉROLA
1665
Óleo sobre Tela – (46,5 x 40 cm)
Localização – Mauritshuis, Haia

A vida do pintor é mostrada no filme “Moça com Brinco de Pérola”, de 2003. A atriz Scarlett Johansson interpreta Griet, a protagonista dessa pintura.

Segue um trecho do filme:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here